Condomínio Simples

COMO FICA O PAGAMENTO DA TAXA DE CONDOMÍNIO DURANTE A QUARENTENA?

Uma pergunta que estamos recebendo durante esse momento delicado é como fica o pagamento da taxa de condomínio durante a quarentena na pandemia do coronavírus (covid-19).

Antes de mais nada vale ressaltar que não existe liberação de pagamento das taxas do condômino durante esse momento de quarentena. Nenhum decreto ou projeto de lei (PL) foi criado para a isenção ou diminuição da taxa condominial. Lembrando ainda que a taxa de condomínio é um rateio de despesas, ou seja, trata-se de pagar coisas essenciais para o bom funcionamento do condomínio.

Os condôminos continuam com a obrigação de pagar as taxas em dias!

Precisa ser entendido por todos os moradores que o condomínio não possui uma relação de consumo com seus respectivos moradores. O condomínio possui um rateio das suas despesas ordinárias conforme necessidade ou aprovação em assembleia e havendo a continuidade dos serviços, o condomínio continua tendo necessidade de arrecadar o percentual correspondente a cada morador para honrar com elas.

O condomínio vai continuar a receber as faturas de energia elétrica, água, gás, os fornecedores precisam receber seus valores e, principalmente, não se deve esquecer do salário dos funcionários que continuam zelando pelo seu patrimônio.

Veja também: Por que pagar a taxa do condomínio?

A arrecadação é importante e deve continuar! Principalmente nesse momento devemos pagar a taxa do condomínio durante a quarentena.

QUAL ESTRATÉGIA O SÍNDICO PODE USAR?

Nesse momento de prejuízo financeiro que todos enfrentam, os síndicos podem propor a utilização do fundo de reserva que é feito justamente para ocasiões de emergências.

Se seu condomínio possui valores no fundo de reserva ele poderá ser usado. (Entenda o que é o fundo de reserva)

O síndico pode conceder um desconto na taxa condominial ou caso exista inadimplência no condomínio pode-se cobrir essa inadimplência com o fundo de reserva para que o condomínio crie volume no caixa.

Lembrando que depois de toda essa crise o fundo de reserva deverá ser reposto pelos moradores.

Outra ação que o síndico pode fazer, nesse momento delicado, é adiar a cobrança de taxa extra se assim existir. Nesse período de obras paralisadas não tem o porquê pagar taxa extra.

Mais uma medida que pode ser levada em conta é parar a cobrança dos 5% ou 10% de constituição de fundo de reserva. Normalmente trata-se de um valor irrisório, mas nesse momento qualquer economia é importante para quem enfrenta uma crise financeira.

Sendo assim, vale ressaltar que sem dúvida todos os gestores condominiais e síndicos devem entender a situação econômica ocasionada pela pandemia e os impactos na renda familiar, porém o condomínio possui uma relação diferente com os condôminos e por esse motivo, não se aplicam a possibilidade de proporcionar benefícios aos moradores, como é feito pelo governo ou empresas públicas.

Por isso sempre indicamos um planejamento financeiro do condomínio através da implantação e aprovação da Previsão Orçamentária. Com isso, é possível saber o provisionar qual o custo do condomínio para o ano, ajudando também no planejamento financeiro doméstico familiar e pessoal.

Se você gostou das nossas dicas continue acompanhando o blog e as redes sociais da CONDAC.

Vamos passar por tudo isso e cresceremos juntos e mais fortes!

 

TAXA DE CONDOMÍNIO DURANTE A QUARENTENA
06/04/2020   publicado por: Condac Condomínios
Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio